Certificacao

Fazer ou não fazer? Qual a melhor resposta para o Gafanhoto?

“Mestre?”

“Sim, Gafanhoto.”

“O que é um Project Manager?”

“Project Manager é o profissional que ao chegar numa cidade, onde nunca esteve, trata logo de perguntar ao cidadão dessa cidade onde fica o Hotel, e enquanto o cidadão responde sobre a localização do Hotel, ele consulta o guia da cidade para garantir que o que o cidadão está falando está correto…”

Mentor de Carreira de Project Manager

Entre minhas responsabilidades atuais está a de Mentor na carreira de Project Manager. Por esses dias, um Mentee, aspirante a Project Manager, me questionou o valor da Certificação de PM. Por que fazer? Por que eu fiz?

Segundo o filósofo, escritor e educador, Mario Sergio Cortella,

“Existem três caminhos para o fracasso: Não ensinar o que se sabe; Não praticar o que se ensina; e Não perguntar o que se ignora. Basta tirar o Não e teremos as maiores virtudes do ser humano.”

Sou um Sênior Project Manager certificado pelo IPMCoE (IBM Project Management Center of Excellence). Uma certificação estabelecida em escala internacional. Respeitada na IBM e no mercado de TI. A Certificação é constituída por 3 etapas: Roadmap de Capacitação, submissão de um Experience Package e entrevistas com o Board do IPMCoE.

É necessário que o candidato comprove um mínimo de 3 anos na função de Project Manager, mais 3 anos de especialização técnica em TI, 50 mil horas de projeto gerenciado, certificação PMP (Project Management Professional) do PMI ou Project Management Institute (ou educação equivalente), e um mínimo de 3 projetos comprovadamente gerenciados. É mandatório que o candidato tenha um Mentor para orientação e validação do Experience Package.

Entendo que o valor de uma certificação, em qualquer carreira, está além da diferenciação e da qualificação profissional. Acredito que seja uma comprovação da sua eminência nas melhores práticas de mercado dentro da sua especialização. Uma afirmação de certeza. Um selo de qualidade. Uma ratificação de você mesmo.

Tipos de Certificação na Carreira de Project Manager

Existe, no mercado, vários programas de certificação em gestão de projetos, programas e portfolio na carreira de Project Manager, tais como PMI-PMP (PMI Project Management Professional), MPM (Master Project Manager), COM (Certified Project Manager), PMI-ACP (PMI Agile Certified Practitioner), sendo o maior mantido, administrado e constantemente atualizado pelo PMI ou Project Management Institute, em português, Instituto de Gerenciamento de Projetosentre outras.

Você precisa decidir pela certificação que melhor se adapta a sua necessidade, conhecimento, experiência e planos futuros de carreira. O fato é que ao submeter-se a uma Certificação, seja qual for, você revisitará suas experiências de sucesso e não sucesso. Estudará as disciplinas envolvidas em sua certificação. Pesquisará documentação de projetos anteriores para legitimar a sua experiência. Visitará seus erros e acertos submetendo-se a provas e entrevistas com instituições e profissionais respeitados. Se preparará melhor para os projetos futuros.

Além disso, as Certificações fornecem às empresas a garantia de que possuem profissionais confiáveis e bem preparados para os seus desafios, e também do mercado. É claro que uma Certificação não é garantia de sucesso. Você precisará ser exemplar em suas empreitadas com ou sem certificação. O imponderável sempre está a espreita. Como já disse o outro, o Diabo se esconde nos detalhes.

Não obstante, aqui não há barreiras incontornáveis, sempre é tempo de nos Certificarmos. Na época, quando iniciei o processo de Certificação, ao escrever o Experience Package, a primeira coisa que me veio a cabeça foi o título do livro do escritor Marcel Proust: Em busca do tempo perdido. Sim, tive a real sensação de que eu já deveria ter feito. De qualquer forma, ali estava a oportunidade de então fazer.

Ao longo desses anos tenho contribuindo na formação de novos talentos. Liderei, motivei e reconheci vários profissionais. Há alguns anos participei de uma iniciativa sobre Talentos. Identificar, qualificar e reconhecer os Talentos da Companhia. Um dos pontos que me chamou a atenção, foi o fato de que os profissionais que foram identificados como Talento, invariavelmente, eram Certificados em suas áreas.

Veja bem, na Wikipédia a palavra Certificação é definida como uma declaração formal de “ser verdade”, emitida por quem tenha credibilidade e autoridade legal ou moral. Reforça a tese. Se você tem a experiência, você a comprova certificando-a contra instituições de credibilidade.

Meu Mentee é um Talento. Para ele já espocaram elogios. Sabe o caminho. Será um bom profissional da prática de Gerência de Projeto. Certificado, claro.

Enfim, como águas passadas não movem moinhos, esse ano eu conclui a Certificação de SSM (Senior Solution Manager) do IGSCoE (IBM Global Solutioning Center of Excellence).

Entreguei vários projetos importantes, seja em Delivery, seja em Engagement, dentro do esforço, prazo, escopo e qualidade requeridos. Colaborei com a Companhia na manutenção e na conquista de novos clientes.

E a certeza que fica, é a de que as Certificações contribuíram também para esse fim. Hoje me sinto revigorado, pronto e certificado para novos projetos.

Espero que esse “depoimento” possa servir de incentivo à Certificação para outros profissionais da carreira de Project Manager.

“Mestre?”
“Sim, Gafanhoto.”
“Por que preciso me Certificar em Project Manager?”
“Eminência Gafanhoto, eminência…”


Tito Antonio Veiga Monteiro, é certificado em Gerência de Projeto pelo IPM/CoE. Tem mais de 28 anos de experência de TI, atuando em Delivery e Soluções de Aplicações. Cursou Sistemas de Informação na Ulbra/RS, com especialização em Seguros e Resseguros na FGV/SP. Na atualidade é Líder de Soluções na IBM Brasil. Colabora com a comunidade de TI publicando posts e artigos técnicos.

O Valor de Uma Certificação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.